Sindicato critica prefeito por ‘descaso’ com possíveis demissões na Prodesan « :: SINTRACOMOS

Sindicato critica prefeito por ‘descaso’ com possíveis demissões na Prodesan

  • Home ·
  • Destaque ·
  • Sindicato critica prefeito por ‘descaso’ com possíveis demissões na Prodesan

7 de julho de 2017

 

Presidente do Sintracomos, Macaé Marcos Braz, lamenta ausência da prefeitura em mesa redonda no ministério do trabalho . “O descaso do prefeito com os cerca de mil empregados da Prodesan, que vivem diariamente assustados com o fantasma do desemprego, chega a ser irresponsável”. O presidente do sindicato dos trabalhadores na construção civil (Sintracomos), Macaé Marcos Braz de Oliveira, não poupa críticas ao prefeito Paulo Alexandre Barbosa (PSDB). “Que socialdemocracia é essa que ele diz representar, se não está nem aí com o futuro dessas famílias, algo em torno de três a quatro mil pessoas?”, pergunta o sindicalista. Macaé está desapontado com o prefeito, que não compareceu nem mandou representante a mesa-redonda no escritório do ministério do trabalho e emprego em Santos, nesta quarta-feira (5).  A reunião trataria das demissões que, embora não concretizadas com avisos prévios, “tiram o sono dos trabalhadores”, nas palavras do sindicalista:  “Ninguém consegue dormir em paz”.  A situação se arrasta há meses e levou o sindicato a marcar uma greve, para o dia 10 de abril, que não aconteceu por causa de ameaças da direção da empresa em todos os setores.  Naquele dia, a diretoria do sindicato ficou esperando a categoria, que combinou de se concentrar diante do prédio da empresa na esquina das avenidas Ana Costa e Francisco Glicério. “Ninguém apareceu porque o clima na empresa realmente é de terror”, explica o sindicalista. Ele espera o desdobramento da mesa-redonda, solicitada pelo sindicato, e requereu que o prefeito seja convocado de novo. Atualização  e  foto Joca Diniz (JD) Mtb   66. 112/SP.  Texto  Paulo Passos MTb 12.646 SP.