História « :: SINTRACOMOS

História

No dia 30 de agosto de 2008, o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Santos comemora seus 70 anos de fundação. Motivo pelo qual, sua atual Diretoria muito se orgulha em poder compartilhar da continuidade desta trajetória de lutas, não apenas como dirigente, mas principalmente como operários e membros atuantes do quadro associativo segundo os princípios estatutários.

No passado, mesmo enfrentando grandes dificuldades, impostas pelos regimes autoritários de diversas épocas, nossos bravos companheiros conseguiram construir uma consciência de lutas e de conquistas nesta entidade de classe com uma respeitável página histórica principalmente de resistência tanto no campo político quanto no campo social.

Hoje, com moderna sede própria, na cidade de Santos-SP, e base territorial composta pelos nove municípios da Região Metropolitana da Baixada Santista, este Sindicato conta ainda com quatro subsedes próprias: uma na cidade de Cubatão, uma no distrito de Vicente de Carvalho, Guarujá,  São Vicente e Praia Grande.

A construção e instalação do importante Centro de Qualificação Profissional, hoje transformado em Instituto, que tem a responsabilidade de melhor preparar e qualificar a mão-de-obra da categoria, em convênio com o SENAI, são algumas das várias ações onde se tem procurado moldar as bases deste Sindicato para que possa atuar como instrumento forte no enfrentamento aos desafios e às novas formas de organização políticas do trabalho no sindicalismo atual, com dignidade e respeito, fazendo jus a um legado de lutas dos nossos ancestrais da classe operária, que já começava a se organizar, ainda que de forma precária, desde o final do século XIX, na região da Baixada Santista, em suas primeiras células do proletariado urbano nas obras do porto e da estrada de ferro Santos – Jundiaí, a “São Paulo Railways” .

No final do século XIX e início do século XX, os trabalhadores se organizam e iniciam a luta em busca de melhores condições de trabalho e renda. É neste contexto que surgem as primeiras organizações sindicais e inicia-se a nossa história. Esta publicação, um presente da nossa Diretoria aos 70 anos deste Sindicato, preocupa-se em resgatar e difundir a trajetória de lutas de nossa categoria, pois a memória coletiva é um instrumento para a libertação e não para a servidão dos homens. A pesquisa foi elaborada com grande dificuldade, pois muitas fontes foram eliminadas no período em que o Brasil viveu sob o regime de ditadura militar.

Texto de Ornilo Dias

Fonte: Revista Sintracomos 70 anos de história